Que tipo de conteúdo postar nas redes sociais para alavancar seu negócio

Nós já falamos aqui sobre a importância da criação de uma marca que represente a essência do seu negócio e de um site institucional como ferramenta de captação de clientes.


Agora, vamos falar sobre a produção de conteúdo para as redes sociais como mais uma forma de engajar seus prospects e clientes, ou, marketing de conteúdo.


O que você precisa saber antes de começar a produzir conteúdo


1 – Defina sua persona


Crie uma persona, ou seja, um perfil fictício que represente seu cliente ideal. As preferências desse perfil irão guiar sua produção de conteúdo.


A concepção de persona deriva do que costumamos chamar de público-alvo. É uma maneira mais detalhada de conceber o receptor da sua mensagem.


A ideia é segmentar e focar ao máximo o conteúdo que será criado.


Dê o máximo de detalhes:

  • idade

  • gênero

  • renda

  • localização geográfica

  • estado civil

  • formação acadêmica


Contextualize e estabeleça uma maior conexão.


Crie um nome fictício para a sua persona, uma breve história, profissão, hobbies, hábitos de consumo, desejos, ambições, momento pessoal de vida.


Você pode criar mais de uma persona.

2 – Dialogue com a sua persona


No artigo anterior, falamos sobre o tom de voz da sua marca e a importância de você adotar uma linguagem genuína e uniforme nas suas divulgações, em prol do fortalecimento da sua marca.

Pois bem, a comunicação não é uma via única, especialmente nos meios digitais. É uma interação entre marca/profissional e cliente.


Assim, você deve transmitir informação no nível adequado para que seu público compreenda.


3 – Pare e pense sobre a relevância daquela informação para o seu público


Somos impactados por um volume gigantesco de informação nessa era digital. Nessa competição pela atenção, você precisa fisgar o usuário nas primeiras palavras. Ou seja, relevância é a palavra da vez.


Pare e pense: por que meu público-alvo se interessaria por esse conteúdo? Ele traz alguma novidade, alguma quebra de paradigma? Ele levará meu público para alguma ação positiva em relação ao meu negócio (por exemplo, despertará o interesse a ponto de o usuário me solicitar um orçamento)?


Além disso, trabalhe bem o seu texto do blog ou mesmo a legenda do post do Instagram. Dê a cereja do bolo logo no início.


No jornalismo, a técnica utilizada para prender a atenção do leitor na largada se chama pirâmide invertida. Ou seja, a parte mais importante da notícia vem logo no começo, o chamado lide.


A Forbes trouxe recentemente alguns números impressionantes a respeito da quantidade de informação que criamos, postamos, enviamos.


A cada minuto, a nível global:

  • usuários do Snapchat compartilham 527.760 fotos

  • usuários assistem a 4.146.600 de vídeos no Youtube

  • usuários postam 46.740 fotos no Instagram


Te convenci sobre a relevância?

4 - Agilidade, transparência e interação


Mantenha uma comunicação franca com seu público e propicie a interação.


Responda aos comentários, faça perguntas, tente sempre descobrir quais assuntos mais interessam aos usuários.


As pessoas querem ser ouvidas e querem ter respostas, rapidamente. Nesse ritmo frenético em que as pessoas vivem, trabalham e se comunicam, há grande ansiedade e pouca paciência.


Se mostre aberto ao diálogo e seja ágil. Conquiste seu cliente.

5 – Use o bom senso


Jamais entre em embates nas redes sociais. Eles podem tomar proporções gigantescas.


Em caso de algum comentário negativo, seja sucinto e cordial, buscando resolver o problema do seu cliente ou expondo sua posição.


Avalie. Se a crítica não faz sentido para você, apenas diga o mínimo necessário. Agradeça o comentário e siga adiante.


Afinal, nas redes sociais, estamos expostos ao julgamento de todos.


Parece óbvio, mas vale ressaltar que você deve evitar falar sobre temas polêmicos, que possam trazer tensões desnecessárias e não agregam ao seu negócio. Além disso, mudamos de opinião continuamente e perdemos o controle de tudo o que divulgamos nas redes sociais.

6 – Saiba onde estar


Para traçar a estratégia em relação a quais redes você deve concentrar esforços (pois planejar e produzir conteúdo não é tarefa simples), comece sempre do seu público-alvo.


Onde sua persona está? Que formato de conteúdo ela prefere consumir? É foto, vídeo, texto?


Conheça nesse vídeo quais são as redes sociais mais usadas no Brasil e qual o tipo de conteúdo mais adequado a cada uma delas.


Pronta para usar o marketing de conteúdo a seu favor?


Tem dúvidas? A gente te ajuda! Nos mande uma mensagem.


Carla Araujo

Executiva de Vendas da MOSTY

atendimento@mosty.com.br

www.mosty.com.br

55 visualizações

ACOMPANHE O MOSTY

  • Instagram MOSTY
  • MOSTY - youtube
  • LinkedIn MOSTY